sábado, 9 de junho de 2012

Festa Junina da Paróquia de Nª.Srª. das Dores(Barão de Melgaço-MT)

Uma tradição da comunidade religiosa do município de Barão de Melgaço-MT, portal de entrada do pantanal mato-grossense é realizar a festa junina com todos ingredientes que fazem a alegria dos paroquianos: danças de quadrilhas, dança do siriri, do rasqueado, barracas de deliciosas guloseimas com pratos típicos da região, maçã do amor, quentão,  pescaria e o tão aguardado  leilão que, além dos objetos normalmente leiloados, foram colocados vários  frangos e pacus assados (um tipo de peixe de água doce) com recheio de farofa...e foram os mais disputados chegando a ser pago por um desse peixe assado mais de R$ 100,00.
E para fechar com chave de ouro, a coroação das princesas e rainha da festa, escolhidas pelas quantidades de votos vendidos.
É um acontecimento que envolve toda comunidade que por si já é festeira, alegre e participativa.
Revi velhos e novos amigos e fiz estas imagens para presenteá-los.
Confira! 








































































































E após essa noite de festa, descontração e muita alegria, onde voluntariamente fiz a cobertura fotográfica, perdi mais algumas horas da madrugada para fazer esta publicação logo cedo e mostrar as imagens aos participantes, tive o dissabor  de presenciar a grosseria, a prepotência, a falta de respeito (pra não dizer de educação), do líder religioso que prega e ensina a palavra de Deus à comunidade e representa a igreja católica no município.
Pela manhã fiz uma abordagem a esse "lider" cumprimentando-o sem ser correspondido, ele  nem sequer teve a gentileza de olhar para quem o desejava um "bom dia", mesmo assim continuei me apresentando, entreguei a ele meu cartão de visita com endereço deste blog para que ele pudesse ver as imagens.
Ele olhou de lado com descaso, pegou o cartão, jogou sobre um balcão que estava apoiado e com a mesma falta de respeito bravejou " se eu tiver tempo um dia eu olho". 
Incontinente peguei o cartão da mão dele e me retirei do espaço indignado pela atitude.
Pensei em excluir esta publicação, mas o povo que está acima desses rompantes de mau humor  de um "líder passageiro"  merece ver seus momentos de alegria.  
Fica o registro!

6 comentários:

  1. Ele age assim é porque não segue e talves nem conheça a excelencia do evangelho de Cristo,que foi amavel sempre independente de com quem estivesse falando ou porquem fosse abordado, ja ouvi varios comentarios a respeito desse "lider" que em todos os lugares que vai deixa a sua marca.

    ResponderExcluir
  2. a festa foi muito bonita,o fotografo esta de parabens, nos melgassenses nos orgulhamos por ser um filho de Barão que esta retratando o evento, em relação ao lider da igreja catolica, ele se acha mais importante que todo mundo, ta achando que e Deus aq na terra.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelas fotos, ficaram otimas !
    Desculpa pelo acontecido.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. o seu trabalho ficou lindo...
    mais um profissional nao precisa fazer tudo isso que vc fez...
    ele é assim mesmo todo mundo fala dele como um paroco da cidade ele nao era pra falar assim com as pessoas com grosseria, nao tiro sua ração ja passei por esse momento que passou, so que sua publicação falando dele não vai levar vc a lugar nenhum em partes
    não tiro sua ração mais aonde ficou sua etica como um profissional a publicação sua nao ira mudar nada, por o que vc falou esta falando da nossa cidade...
    me desculpe se falei alguma coisa que vc nao gostou mais essa é minha opinião....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr. ou Srª. ANÔNIMO(A),
      Fazer um comentário anonimamente já é, no mínimo, falta de respeito com as pessoas e consigo mesmo. Eu nem deveria publicar-lo mas chamou minha atenção alguns detalhes que merecem ser considerados.
      Primeiramente obrigado pelo reconhecimento ao meu trabalho.
      Segundo, não fiz comentários como profissional, nem cobrei pelo meu trabalho,
      fi-lo como pessoa, como filho de Barão de Melgaço (com muito orgulho), fiz como um voluntário que queria, tão somente, contribuir e abrilhantar a tradicional festa da padroeira da minha cidade e finalmente, como um cidadão que deveria merecer o respeito da maior autoridade religiosa do município e não ser humilhado publicamente. Portanto, Sr. ou Srª. ANÔNIMO(A), quem faltou com o princípio básico da ética e da moral foi o "Seo" Vigário.
      Se "ele é assim mesmo(...) e fala com as pessoas com grosseria..." os cristãos e cidadãos já deveriam tê-lo expulso da cidade e da paroquia. E se você mesma tivesse tomado uma atitude contra ou tivesse denunciado-o publicamente quando foi desrespeitada talvez isso não tivesse mais acontecendo. São atitudes como a sua, de aceitar desacatos submissamente, de fazer comentários anônimos com medo de represálias que mantém o status desses tipos de "lideres religiosos" comandando multidões de fiéis, cristãos, que só desejam servir à Deus.
      Se o que falei não vai mudar nada, e nem foi essa minha intenção, pelo menos mais concidadãos passarão a conhecer um pouco mais do caráter do seu "lider religioso".
      E, Sr. ou Srª, ANÔNINO(A), não estou falando da cidade, muito pelo contrário, a população, os fiéis, os cidadãos, o povo da nossa querida cidade está acima da arrogância, da prepotência, do despreparo e da falta de respeito com o próximo desse "padre" que se diz representante de igreja e de Deus. E, da mesma forma, desculpe-me se falei alguma coisa que você não gostou!!!
      Assinado: Hugo Taques. Profissão: Fotógrafo. Filho dessa terra abençoada por Nª.Srª das Dores.

      Excluir
  5. Parabéns Hugo Taques!Alguém teve a coragem de "abrir a boca".
    O massacre aqui é feroz!!!!

    ResponderExcluir

Visite o Blog e curta esta publicação!